top of page
  • Rangel Germano

A importância da análise foliar para o correto desenvolvimento da planta



Considerada um complemento importante da análise de solo, a análise foliar amplia a observação do responsável pela cultura para um manejo mais completo da gestão de fertilidade do solo, possibilitando recomendações mais assertivas ao proprietário da terra, para correções na próxima safra ou ciclo.


A análise foliar, ou análise de tecido vegetal, engloba o estudo de diversas partes da planta, incluindo folha, caule, raiz, grão e fruto, conferidas pelo mesmo método analítico. Através dele, a planta informa o que está sendo extraído do solo e absorvido por ela. Também é uma forma de aferir os nutrientes que foram administrados no solo e refletem na produtividade.

Em síntese, a análise foliar aponta o nível de nutrição da planta durante seu crescimento, mostrando de maneira mais precisa se ela tem se beneficiado do fertilizante aplicado conforme a recomendação técnica pós-análise de solo.


Como é realizada a análise foliar?


Para a realização de uma correta análise foliar é necessário o conhecimento sobre as diversas fases das plantas de diferentes culturas, pois cada uma terá sua característica de coleta. Ou seja, a análise foliar pode ser aplicada a todo tipo de cultura, observados os níveis adequados para a coleta de cada planta.


Essa retirada deve acontecer durante o estágio de florescimento, época que a planta mais demanda nutrientes e, em caso de deficiência, será facilmente expressada. No caso da soja, por exemplo, a folha inteira é coletada a partir do terceiro trifólio, do ápice para a base da planta. Para o milho, é retirado o terço médio, a folha oposta e abaixo da espiga.

O profissional irá captar entre 10 e 15 sub-amostras de folhas para gerar uma amostra composta, a partir de diferentes pontos de um mesmo talhão. O recomendado é uma amostra a cada 50 hectares, em média.


Essa amostra é embalada, identificada e enviada imediatamente ao laboratório para iniciar a análise química. O laboratório irá fornecer os valores comparativos do padrão nutritivo da planta com o nível adequado de fertilizante.

O padrão de análise serve como balizador do processo de manejo de gestão da fertilidade do solo e, a partir dele, é possível fazer a correção da aplicação.


Metodologia


No laboratório, as folhas coletadas são lavadas, secas, moinhas, peneiradas e, somente após esse processo, direcionadas à análise foliar. Em até quatro dias os resultados são liberados, com comprovação através de laudo técnico.


É importante saber que os resultados das análises podem variar para cada laboratório. Essas variações podem acontecer de acordo com as condições dos equipamentos, manutenção, calibração e aferição.


O Ubersolo adotada amostras padrão com monitoramento diário da qualidade de todos os tipos de análise, além dos controles de qualidade certificados pelos principais órgãos de certificação laboratorial do Brasil. O Ubersolo participa também do controle interlaboratorial de tecido vegetal, que realiza a aferição permanente dos resultados.


Por isso, é importante enviar as amostras para laboratórios certificados, como o Ubersolo, e se atentar aos cuidados fundamentais para a correta amostragem do solo.


Benefícios da análise foliar


Como já dissemos, a deficiência de nutrientes impede o desenvolvimento saudável da planta e, por consequência, causa a perda da produtividade. A análise foliar permitirá identificar e corrigir essa deficiência.


Já o contrário, ou seja, o excesso de fertilizantes, consiste no que chamamos de Consumo de Luxo. Nesse caso, o desequilíbrio provocado não incorre na toxicidade da planta, mas de forma consistente no bolso do produtor, que acaba gastando desnecessariamente com insumos.


Outra vantagem da análise foliar é a avaliação do programa de adubação com as estratégias corretas. Ela possibilita o conhecimento do equilíbrio entre os nutrientes, considerando que para cada nutriente do programa de adubação existe um parâmetro que impede a competição entre eles.


A análise foliar também é importante para identificação da chamada Fome Oculta, um tipo de deficiência invisível na planta, que a faz parecer saudável, porém implicará numa produtividade mediana à baixa.


O Ubersolo Análises Agrícolas fica localizado em Uberlândia-MG e atende a todo o Brasil e exterior com rapidez e eficiência.


Esse artigo teve a colaboração do engenheiro agrônomo Ailton Junio Manzi Gama, diretor do Laboratório Ubersolo, em Uberlândia-MG.


8 visualizações0 comentário

Σχόλια

Βαθμολογήθηκε με 0 από 5 αστέρια.
Δεν υπάρχουν ακόμη βαθμολογίες

Προσθέστε μια βαθμολογία
bottom of page